Pular para o conteúdo principal

ATENÇÃO CONTADORES DE HISTÓRIAS!!!


Oficina de Contadores de Histórias. Com Gisele Vasconcelos e Renata Figueiredo, as sextas, das 15:00 às 18:00. Dias 14, 21, 28 de outubro de 2011. Local: Espaço Xama, Rua 01, nº 183, São Francisco. Número de Vagas: 20. Inscrições pelo e-mail xamateatro@yahoo.com.br, no Espaço Xama. Investimento: R$ 80,00 (oitenta reais). Informações: site www.xamateatro.blogspot.com e fones: 88982962 e 91165777. Realização: Grupo Xama Teatro e UFMA.

OFICINA DE CONTADORES DE HISTÓRIAS

Dando continuidade às atividades de formação em 2011, o Grupo Xama Teatro oferece Oficina de Contadores de Histórias que acontecerá dias 14, 21, 28 de outubro de 2011, no Espaço Xama, São Francisco. A oficina acontecerá às sextas, das 15h às 18h, e terá carga horária de 15 horas.

Por considerar as atividades que decorrem do ouvir e do ler uma boa história, como significativas e suscitadoras para a redescoberta da literatura, a prof. Msc. do departamento de Artes da UFMA, Gisele Vasconcelos e a arte-educadora Renata Figueiredo desenvolvem, desde 2001, atividades artístico-pedagógicas sob a forma de espetáculos, oficinas, programa radiofônico e contadores de histórias tendo como ponto de partida a arte de narrar.

Mantendo o foco na pesquisa com contadores de histórias, promovendo um reencontro entre a performance do contador e a literatura oral ou escrita as atrizes-contadoras iniciaram no Grupo Xama Teatro e na Universidade Federal do Maranhão, uma série de ações de fomento a leitura e de exercício de práticas teatrais, através de rodas da leitura, apresentação de contadores de histórias e oficinas de capacitação de educadores, bibliotecários e outros mediadores da leitura.

Em parceria com a rádio Universidade FM, as atrizes apresentam desde 2004 o programa radiofônico Estação Era Uma Vez, as histórias infantis na rádio, selecionado no I Concurso de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos – Prêmio Roquette-Pinto, na categoria infanto-juvenil (ARPUB/FUNARTE/PETROBRÁS).

Na perspectiva de dar continuidade aos trabalhos de formação e capacitação de Contadores de Histórias para atuação em eventos, centros comunitários, escolas, bibliotecas, espaços culturais e educacionais, o Grupo Xama Teatro abre inscrições para nova turma da Oficina “Contadores de Histórias”.

A oficina “Contadores de Histórias” pretende contribuir para a formação e capacitação de arte-educadores, professores da educação infantil, pais e avós, conferencistas, bibliotecários, voluntários de projetos sociais e outros mediadores da leitura.

Na Oficina “Contadores de Histórias”, buscamos compartilhar a experiência adquirida ao longo de 9 anos de experiência envolvendo técnicas teatrais e a arte de contar histórias.

No primeiro dia da oficina os alunos vão ter contato com os elementos do contador de histórias: corpo-voz, pique-ritmo, imaginário e emoção. São apresentados jogos para estimular o imaginário e a narração oral. No segundo dia os alunos terão contato com a história escrita através das etapas: a escolha, o estudo e o pique-ritmo do conto. O terceiro e último dia os grupos trabalharam separadamente contando com a assistência das professoras para a preparação das histórias.

A pergunta inicial, que movimenta toda a proposta pedagógica da oficina é: “História o que eu tenho pra você e o que você tem pra mim?”

A partir dela os alunos irão reconhecer e experimentar os elementos da narrativa e do contador de histórias: corpo-voz, pique-ritmo, emoção e irão exercitar o imaginário do contador, o lúdico e a criatividade na experiência com o estudo do conto e sua narrativa.

Sobre o Grupo Xama Teatro

O Grupo Xama Teatro é uma associação civil, com personalidade jurídica própria, de fins artístico-culturais e não lucrativos. Constituem objetivos e finalidades da Associação: contribuir para o desenvolvimento das artes cênicas no Estado do Maranhão; promover e incentivar o desenvolvimento da pesquisa e criação artística e produzir espetáculos teatrais e eventos de caráter cultural.

Fundado em abril de 2008, por ex-integrantes da Tapete, Criações Cênicas, o Grupo Xama Teatro desenvolve ações artístico-culturais notabilizando-se pela diversidade de seus projetos que abarcam a montagem e circulação de espetáculos, oferta de cursos de formação, apresentação de contadores de histórias, produção de encontros e festivais de teatro, produção e veiculação de programa radiofônico e realização de pesquisa com ênfase na performance no ator-contador.

Em 2011, o Grupo Xama Teatro foi contemplado com o prêmio Microprojetos Amazônia Legal, com a oficina Ator-Contador para jovens residentes na Vila Embratel e também foi premiado no Edital de Apoio a Cultura, do Governo do Estado, com o projeto A Carroça na Estrada.

Com efetiva participação na cena teatral maranhense, quer por seus espetáculos ou pela atuação pedagógica e de pesquisa, o Grupo Xama Teatro dispõe, desde janeiro de 2011, de novo espaço para suas ações, Espaço Xama, no bairro do São Francisco, São Luís, MA.

Em 2010 o Grupo Xama Teatro é selecionado no I Concurso de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos – Prêmio Roquette-Pinto, na categoria infanto-juvenil (ARPUB/FUNARTE/PETROBRÁS), com o programa Estação Era Uma Vez e é também contemplado no Programa Mais Cultura Microprojetos Amazônia Legal (MINC/BNB) com o projeto de formação “Oficina Ator-Contador para jovens residentes na Vila Embratel”.

Produz o espetáculo teatral “Macaco, Macaquice e Macacada”, com apresentações no Teatro Arthur Azevedo e 4ª Feira do Livro de São Luís.

Com o espetáculo A Carroça é Nossa, participa da V Semana do Teatro no Maranhão (São Luís-MA), da 3ª Edição do Festival de Teatro de Rua Amazônia Encena na Rua (Porto Velho- Rondônia), do São João do Maranhão (São Luís-MA) e da V Mostra Sesc Guajajara de Artes (Açailândia-MA).

Juntamente com o Grupo Cena Aberta, Xama Teatro realizou suas atividades, durante todo o ano de 2010, na Casa Amarela das Artes, onde ofereceu oficinas de contadores de histórias e produziu roda de histórias aos sábados com o projeto “Estação era uma vez”.

Em 2009, com o espetáculo “A Besta Fera: uma biografia cênica de Maria Aragão” recebe o prêmio SATED – MA de melhor espetáculo e melhor atriz e produz mostras e festivais de caráter local e nacional: Festival Maranhão na Tela, IV Semana de Teatro no Maranhão, Encontro de Contadores de Histórias e IX Edição do Festival do Teatro Brasileiro “Cena Baiana – Etapa Maranhão”. Com o espetáculo A Carroça é Nossa! participa do evento junino “São João do Maranhão” (São Luís e São Jose de Ribamar – MA) e com os espetáculos “Macaco, Macaquice e Macacada” e “ A Besta Fera” participa da IV Semana de Teatro no Maranhão e da IV Mostra Sesc Guajajara de Artes.

Em 2008, realiza a produção e circulação do espetáculo teatral “A Besta Fera: uma biografia cênica de Maria Aragão”, contemplado no Prêmio Myriam Muniz/2007 e no Plano Estadual de Cultura do Maranhão, “Projeto na Rota de Maria”, realizando apresentações em São Luís e em mais 12 municípios do Estado. Participa da III Semana de Teatro no Maranhão e das comemorações póstumas dos cem anos de Maria Aragão.

Juntamente com os grupos Cena Aberta, Santa Ignorância e Centro de Artes Cênicas, participa da produção do espetáculo “A Almanjarra”, numa homenagem ao centenário de Arthur Azevedo com apresentação no Teatro Arthur Azevedo, nas comemorações do aniversário de 191 anos, na 2ª Feira do Livro de São Luís e na Semana em homenagem póstuma ao centenário do autor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A LENDA DO BOI DE SÃO JOÃO

No mês de junho, o Estado do Maranhão se transforma num imenso arraial, são incontáveis os grupos de bumba-meu-boi que saem pra brincar. No som dos instrumentos e na face da cada brincante, podemos perceber o sangue do negro, do índio e do branco, correndo junto e feliz.
E é nesse clima de festa e alegria que a Carroça chega aos arraiais para encantar crianças e adultos, com canções de hoje e de outrora.
O espetáculo-animação “ A Carroça é Nossa” estreou, com a produção e realização da Tapete, Criações Cênicas em junho de 2005, no Tríduo Joanesco da Superintendência de Cultura Popular, realizando no mesmo ano diversas apresentações nos arraiais de São Luís, tendo participando também em Festivais de Teatro no Maranhão e no Ceará.
Em junho de 2009 “A Carroça é Nossa” retorna aos arraiais do nosso Estado com a produção e realização do Grupo Xama Teatro.
E especialmente para vocês recontamos aqui no blog a LENDA DO BOI DE SÃO JOÃO, uma lenda maranhense, recontada por Gisele Vasconcelos no esp…

As Três Fiandeiras: comentários de quem viu!!!

Pra quem ainda não viu ,Vale a Pena ver! Assisti emocionado este espetáculo feito por 3 atrizes maduras e muito bem preparadas. A história é dramática, mas sem ser pessimista ou dolorosa. Um trabalho feito com a leveza e sensibilidade das atrizes e do diretor. o Espetáculo intimista, vem nos arrastando pra dentro da história , fluindo através do olhar ,do corpo e da voz da três mulheres(Renata Figueiredo,Rosa Ewerton e Gisele Vasconcelos) que como as Parcas seguem tecendo ,medindo e cortando o fio da existência. Parabéns , Xama Teatro, pela tessitura da arte! Isto se Chama TEATRO! (Urias de Oliveira, 22/04/2015)



As três fiandeiras! Num espaço rio enredamos as histórias do percurso do mar! Arquétipos da vida que nos leva, entre o fim e um novo início, a nos desafiar, a nos encantar, a nos redescobrir, a nos transformar e então enxergar o povir! Lembrei "O Cavaleiro do Destino". Ainda fica na memória a nau que eu construí: furta-cor com escamas de sereias e velas tecidas com s…

PASSEIOS PELA HISTÓRIA E CULTURA DO MARANHÃO

A partir de março, o Grupo Xama Teatro terá a honra de participar do projeto Passeios pela história e cultura do Maranhão, do escritor Wilson Marques.
Para quem já conhece, trata-se do velho e camarada Touchê, persoangem criado pelo escritor Wilson Marques, agora em grande estilo. Ele chega dentro de uma caixa cheia de suas aventuras, todas voltadas para a história e as tradições culturais maranhenses. Os livros foram todos ilustrados por Kirlley Velôso.
A caixa integra o projeto Passeios pela História e Cultura do Maranhãoque reúne seis livros do autor, e será lançado dia 12 de março (quinta-feira), no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, na Praia Grande. O evento contará com apresentação do grupo Xama Teatro, inspirada no trabalho do escritor.
Foram produzidas 5 mil caixas personalizadas que serão doadas para os Faróis da Educação e escolas comunitárias de São Luís. O objetivo é enriquecer o acervo dessas instituições, promover o incentivo à leitura entre crianças e adolescente…