Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Um encontro rapsódico, nosso texto tecido a três vozes. Por Gisele Vasconcelos.

O cantante da Colômbia, a brincante do Maranhão, o violeiro caipira se encontram para constante mutação nas vozes dos atores-rapsodos: Jhonny Alexander,Gisele Vasconcelos e Luiz Laranjeiras.  Um encontroapaixonado, cuja costura de vozes e cânticos foi tecida pelo fio da memória da tradição de cada chão. A rapsódia levou ao pé da letra a epistemologia da palavra rapsodo, no sentido de “costurar” ou de “ajustar cânticos”. No encontro rapsódico os atores brincantes costuraram sua fala alinhavando o épico e o lírico com seus cantos e narrações trazendo para a movência um poema de Llanero, uma moda de viola, ladainha e versos de cantigas, numa junção de procedimentos da escrita, utilizando da montagem e colagem para compor o mosaico de sonoridades. A respeito desse encontro, vimos um ressoar, em vozes, de um conjunto harmônico, às vezes embalado por uma narrativa, às vezes desprovido dela, embalado tão somente pela troca de palavras, risadas, versos, toques, que se entrecruzaram assim como e…

OFICINA ATOR COMO SUJEITO NARRADOR

Objetivo: Explorar o nível narrativo e orgânico para o trabalho do ator na cena teatral contemporânea Sinopse: A Oficina Ator como Sujeito Narrador propõe um trabalho prático com ênfase na figura do ator enquanto sujeito da experiência.  Busca trabalhar a divisão interpretativa do ator-contador em pessoa e personagem através do exercício contínuo de duplicidade, da utilização de modo variável da terceira pessoa para a primeira e vice-versa, assim como da utilização de comentários pelo narrador acerca da personagem apresentada e suas ações. Esta oficina integra a pesquisa de doutoramento “ator-contador: a narrativa em performance”, PPGAC/USP. Carga Horária: 12h Publico Alvo: profissional e estudante das Artes Cênicas