Postagens

CURTA TEMPORADA! Espetáculo A Vagabunda - Revista de uma mulher só

Imagem
TÍTULO:  “A VAGABUNDA – REVISTA DE UMA MULHER SÓ” DATA(s): 21, 22, 28 E 29 DE MAIO (sábados e domingos) HORA: 19h LOCAL: TEATRO XAMA- RUA DAS ESMERALDAS Q. 01 C 03 QUINTAS DO SOL ARAÇAGI (entre a UPA e o Santo Corte). INGRESSOS: 40,00 (inteira) e 20,00 (meia) VENDAS DE INGRESSOS: Via PIX  xamateatro@gmail.com CONTATO: Gisele Vasconcelos (98) 999755777 Nadia Ethel (98) 988746502 INSTAGRAM: @xamateatro E-MAIL:  xamateatro@gmail.com.br   O espetáculo “A Vagabunda, revista de uma mulher só”, fará curta temporada, aos sábados e domingos de maio, dias 21, 22, 28 e 29 às 19 no Teatro Xama – Rua das Esmeraldas q. 01, casa 03 Quintas do Sol Araçagy (entre a UPA e o Santo Corte).   Erguida na pandemia, em experiências de vulnerabilidade, a Vagabunda 2021 realizou temporada de estreia em setembro de 2021 e recebeu os prêmios SATED -MA de melhor atriz, melhor dramaturgia e melhor Figurino. Em dezembro se apresentou na Semana do Teatro no Maranhão no Teatro Arthur Azevedo e neste mês de maio retorn

Xama na Rota dos Rios da Amazônia 2020

Imagem
  2019 não foi um ano fácil para nós do Xama Teatro. Depois de seis anos realizando várias circulações com nossos espetáculos, não tivemos nenhum grande projeto aprovado, mas acostumados a segurar o leme em mares revoltos, seguimos e adentramos 2020 com a notícia da aprovação no Edital do Banco da Amazônia para realizar o projeto Xama na Rota dos Rios da Amazônia, através do qual circularíamos por cidades do Pará e da Amazônia com A Carroça é Nossa e As três Fiandeiras. Entretanto, a pandemia do COVID 19 chegou ao Brasil e interrompeu nossos sonhos, exigindo de nós todo o esforço de reinvenção. Nós que sempre trabalhamos para unir pessoas, para dar às mãos, para estar junto, tivemos que nos isolar. Nós que advogamos pela presença física, pelo abraço e pela força da palavra viva, tivemos que nos resguardar em casa e interromper nossas apresentações públicas, e assim fizemos. Por Amor ao próximo e pela vida. No isolamento fizemos nossa arte. Ocupamos os espaços virtuais, escrevemos, le

Leitura da peça A Vagabunda no Ciclo de Leituras Teatrais: Dramaturgas Brasileiras

Imagem
  Dia 11 de maio, a convite do Midrash Centro Cultural, do Rio de Janeiro, as autoras Gisele Vasconcelos (professora de Teatro da UFMA e atriz do Xama Teatro), Nicolle Machado (encenadora e dramaturga da Poli.cia) e Nadia Ethel (dramaturga e produtora do Xama Teatro) participarão do projeto Ciclo de leituras teatrais “Dramaturgas Brasileiras”, com a leitura da peça A Vagabunda - Revista de uma mulher só. O evento tem a curadoria de Renata Mizrahi, roteirista, dramaturga e diretora de teatro brasileira. O ciclo de leituras teatrais será transmitido ao vivo pelo canal do Youtube do Midrash Centro Cultural, às 20h30, seguido de debate com as autoras da peça A Vagabunda (MA) e com a curadora. Assista clicando aqui Para as autoras, a participação no projeto que visa dar visibilidade às dramaturgas brasileiras de diversos estados do país, é muito potente: “A Vagabunda tem referências geográficas que não estão no Maranhão e pensando no corpo de teatro de revista, é muito simbólico estrear ess

A Vagabunda - Revista de uma mulher só... só que não

Imagem
Lançamos a campanha de financiamento coletivo para a montagem da Revista de uma mulher só... só que não . Já não há retorno! Precisamos de vocês! Para apoiar (cartão ou boleto) e compartilhar clica no link! https://www.catarse.me/revista_de_uma_mulher_so A peça é uma revista impossível da Gigi, uma mulher que se revista, para ser (des)vista. Entrando na pele das vedetes, nas vidas das outras, das loucas, das bruxas, das artistas, deusas, monstros, filhas dos tempos... para não esquecer jamais, delas, dela, da estrela que não cabe numa mala, pois há infinitas estrelas na revista da mulher só.  

Grupo Xama é selecionado no Edital Arte como Respiro do Itaú Cultural.

Imagem
Xama Teatro (MA) foi selecionado no Edital Emergencial Itaú Respiro Artes Cênicas. 7239 inscritos! 200 selecionados! Menos de 3%. Fomos o único grupo do Maranhão selecionado no edital. A demanda é grande! Os artistas do Brasil precisam de mais editais e políticas emergenciais para sua sobrevivência  nesta pandemia do coronavírus! A cultura pede ações de emergência dos estados, municípios, empresas privadas e outras... O espetáculo A Carroça é Nossa teve origem como criação coletiva, em 2005. O texto atual, escrito em 2012, após oito anos de experimentação com roteiros improvisados, foi organizado a partir das etapas de apresentação das toadas do bumba meu boi, no Maranhão. Nessa obra teatral, quatro personagens, Pedoca (Lauande Aires), Cecé (Renata Figueiredo), Toinha (Gisele Vasconcelos) e Joaninha (Cris Campos), partem em uma jornada em busca do animal para puxar uma carroça “mágica” até os seus sonhos. Durante a busca, percebem que seus que precisam desvendar um enigma, n

Mariposa: a dança com o tempo

Imagem
O projeto Esse espetáculo toma o ciclo vida-morte-vida da mariposa como metáfora. A mulher, ao chegar na velhice, aprende que o amor à vida não termina com o tempo. O que muda é a amplidão do olhar pra existência. Envelhecer é sobreviver, é dádiva, é transformar-se profundamente. É a conquista da liberdade. Existe aí uma grande leveza e fortaleza. E assim surge a ideia de montar A Mariposa, pra compartilhar a história de uma mulher que se tornou atriz aos 53 anos. Uma mulher que escreve nos palcos, sua poética de vida. Maria Ethel tem hoje, 75 anos. Está em paz, tranquila e consciente do que quer e precisa falar. Já participou de trabalhos importantes, que marcaram a história contemporânea do teatro e do cinema maranhense. A atriz se propõe ao desafio de montar um espetáculo autobiográfico, que falará não apenas da mulher que existe nela, mas de todas as mulheres, através de temáticas pertinentes aos nossos dias. Para a composição do texto, Maria Ethel contou com o trabalho sensí

Caravana – Passeios pela História e Cultura do Maranhão

Imagem
A terceira edição do projeto “Caravana – Passeios pela História e Cultura do Maranhão” contempla 14 cidades maranhenses: Guimarães, Palmeirândia, Pinheiro, Turiaçu, Imperatriz, Buriticupu, Viana, Peritoró, Codó, Colinas, Passagem Franca e Itapecuru, além de São Luís e São José de Ribamar. Na bagagem levará o mais novo Box do projeto “Caravana” contendo 6 Livros seus que contam de forma didática e divertida aventuras sobre temas como as revoltas da Balaiada e Beckman, além da Fundação de São Luís; e aspectos da rica cultura maranhense, como a lenda da Serpente Encantada, o São João e o patrimônio arquitetônico colonial da capital maranhense. Inspiradas nas lendas, história e tradições do Maranhão, esses livros reúnem as aventuras de Touchê, personagem que ensina coisas interessantes sobre a cultura da região, mas sempre de forma leve e instigante. Os livros são acondicionados em uma caixa / Box, contendo seis títulos: “Touchê, uma Aventura pela Cidade dos Azulejos”; “Touchê: u