ESPETÁCULOS

A BESTA FERA - 2008


Release: Solo teatral que trata da história da líder comunista maranhense Maria Aragão, da pobreza extrema, da sua mãe analfabeta que lutou para que seus filhos fossem alguém na vida, da luta contra o preconceito, do seu ser mulher, negra, nordestina e pobre cursando Medicina no Rio de Janeiro, nos idos dos anos 40, do século XX, de seus amores e de suas dores, da perda da filha de dois anos, do ingresso no Partido Comunista, da perseguição pelo clero e das prisões pelos militares.
Ficha Técnica: Direção: Gisele Vasconcelos; Atriz: Maria Ethel; Texto (org.): Maria Ethel e Gisele Vasconcelos; Preparação da Atriz: Igor Nascimento; Figurino: Marcelo Nascimento; Foto: Taciano Brito. Indicado para maiores de 14 anos.

Prêmio Myriam Prêmio Myriam Muniz, FUNARTE – PETROBRÁS, 2007.
Plano Estadual da Cultura: Projeto na Rota de Maria, 2008. SECMA
Prêmio Sated-MA, 2009: melhor espetáculo e melhor atriz


A CARROÇA É NOSSA - 2005


Release: A Carroça é Nossa é um espetáculo de teatro de rua. O chão dessa criação é o Maranhão com suas histórias, lendas e ritmos. Nessa obra teatral, quatro personagens, Pedoca (Lauande Aires), Cecé (Renata Figueiredo), Toinha e Joaninha (Cris Campos), partem em uma jornada em busca do animal para puxar uma carroça, que acreditam ser o veículo mágico de transporte até os seus sonhos. Durante a busca, percebem que seus destinos não se cruzaram à toa e que precisam desvendar um enigma que envolve a carroça.
Ficha Técnica: Dramaturgia, Encenação e Música: Lauande Aires; Elenco: Gisele Vasconcelos, Renata Figueiredo, Lauande Aires e Cris Campos. Figurino: Cacau de Aquino; Concepção Original

PREMIO ARTES NA RUA, SESC AMAZÔNIA DAS ARTES E PALCO GIRATÓRIO
CIRCULAÇÃO PETROBRÁS CULTURA e BASA

AS TRÊS FIANDEIRAS - 2015


Release: A peça gira em torno do desafio de três atrizes, Beatriz, Isadora e Isabel, em transformar um espetáculo que foi um fiasco de bilheteria em uma nova produção. O fazer teatral e a história pessoal das atrizes se juntam às narrativas das rendeiras Das Dores, Chica e Zezé. A história da mãe de Ribamar - Chica, uma rendeira que é mãe de um filho que saiu para pescar em alto mar e não retornou - se entrelaça com o desafio das atrizes: é preciso ir buscar o filho desaparecido assim como é preciso montar um novo espetáculo.
Direção e Dramaturgia: Igor Nascimento; Elenco: Renata Figueiredo, Gisele Vasconcelos e Rosa Ewerton; Direção Musical e Preparação Vocal: Gustavo Correia; Composição das Músicas: Gustavo Correia, Gisele Vasconcelos e Renata Figueiredo; Figurino: Cacau di Aquino; Iluminação: Camila Grimaldi; Cenografia: Ivaldo Júnior; Fotografia: Márcio Vasconcelos. Indicado para maiores de 14 anos

PRÊMIO NASCENTE DE ARTES CÊNICAS 2015
CIRCULAÇÃO SESC AMAZÔNIA DAS ARTES - 2017

DAS ÁGUAS - 2017


RELEASE: Mito das sereias, taça que transborda, força feminina, espelho de Oxum - imagens e símbolos que navegam entre as músicas, cantos e contos. Sob um aspecto simbólico e mitológico, as águas para inúmeros povos tem relação direta com as emoções humanas. Assim, DasÁguas faz um convite ao mergulho coletivo, no profundo de nós mesmos, convidando à reconexão com nossas histórias, identidades e memórias através dos mitos e contos das águas, bem como o reflexo delas em nós e nosso reflexo uns nos outros. 
Ficha Técnica: Intérprete: Cris Campos; Direção cênica: Renata Figueiredo e Vivi Vazzi; Direção musical: Ramusyo Brasil; Roteiro: Cris Campos, Renata Figueiredo e Vivi Vazzi; Luz: Lauande Aires; Técnico de som: Cid Campelo; Percussão e voz: Fernanda Preta; Percussão e cordas: Jales Carvalho; Cordas: Hugo Cesár; Bateria: Thierry Castelo Branco.

PRÊMIO NASCENTE DE ARTES CÊNICAS 2015
CIRCULAÇÃO SESC AMAZÔNIA DAS ARTES - 2017

CALE-SE - 2018



Release: Roteirizado a partir da música Cálice, de Chico Buarque e Gilberto Gil, o show é uma produção do Grupo Xama Teatro e do Clube do Chico. Com Marconi Rezende (voz e violão), Marquinhos Carcará (bateria) e Rui Mário (teclado e sanfona), performance da atriz Gisele Vasconcelos e os figurinos de Cláudio Vasconcelos, o show apresenta o artista que cria, se expõe, sofre as consequências, clama por mudanças e volta com esperança.
Ficha Técnica:  Produção: Grupo Xama Teatro e Clube do Chico; Cantor, Intérprete e Músico (violão): Marconi Rezende; Músico (Bateria): Marquinho Carcará; Músico (Sanfona e teclado): Rui Mário; Concepção Cênica e atuação: Gisele Vasconcelos; Direção Musical: Rui Mário
Figurino: Cláudio Vasconcelos; Maquiagem: Rosa Ewerton; Técnico de Som: Cid Campelo; Operador de Luz: Lauande Aires; Roteiro: Gisele Vasconcelos, Marconi Rezende e Renata Figueiredo; Textos: Renata Figueiredo e Marconi Rezende; Foto: Clarrisa Ferreira

Fragmentos de Poemas: Língua (Caetano Veloso); Poema Sujo (Ferreira Gullar)
Músicas: Para Todos (Chico Buarque), Disparada (Geraldo Vandré / Theo de Barros), Abaianada (Marconi Rezende), O Bêbado e a Equilibista (Aldir Blanc / João Bosco), Vapor Barato (Jards Macalé e Waly Salomão), Aos Nossos Filhos (Ivan Lins / Vitor Martins), Apesar De Você (Chico Buarque), Acender As Velas (Zé Ketti), É Proibido Proibir (Caetano Veloso), Jorge Maravilha (Chico Buarque), Cale-Se (Chico Buarque e Gilberto Gil), Roda Viva (Chico Buarque), Carcara (João do Vale e José Candido), Acorda Amor (Chico Buarque e  Leonel Paiva) , Canção Da Despedida (Geraldo Azevedo e Geraldo Vandré), Como Nossos Pais (Belchior), Cartomante (Ivan Lins), Redescobrir (Gonzaguinha), Irene (Caetano Veloso), Tô Voltando (Paulo César Pinheiro E Maurício Tapajós) / Alegria Alegria (Caetano Veloso) , Baioque (Chico Buarque), Oração Latina (César Teixeira)

EDITAL PÁTIO ABERTO 2018 - CCVM
FAPEMA CIÊNCIA CULTURAL 2019

A MARIPOSA - 2019



Release: O espetáculo toma o ciclo vida-morte-vida da mariposa como metáfora. A mulher, ao chegar na velhice, aprende que o amor à vida não termina com o tempo. O que muda é a amplidão do olhar pra existência. A Mariposa fala de todas as mulheres a partir da história autobiográfica de uma delas, Maria Ethel, uma mulher que se tornou atriz aos 53 anos e que hoje, aos 75 anos, compartilha seus diários, leituras e conversas, transformadas em narrativas poéticas arrebatadoras, nesse espetáculo teatral.
Ficha Técnica: Atriz: Maria Ethel; Texto: Igor Nascimento; Direção: Sandra Prazeres; Técnico: Victor Silper; Produção: Grupo Xama Teatro









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mariposa: a dança com o tempo

Endereço Xama Teatro

Caravana – Passeios pela História e Cultura do Maranhão